São Paulo, 17 de maio de 2021

ARTIGOS

15 de abril de 2021

Materiais para Cutelaria: Facas Industriais

Editoria Serrametal

Créditos: Engenharia: Thiago Cortiz | Marketing: Karina França | Direção: Renata Brandolin


Entre os equipamentos mais utilizados na indústria, as facas industriais atendem diversos segmentos. Aqui vamos apontar alguns materiais mais utilizados nesse tipo de faca.


A indústria brasileira utiliza facas de aço em diversos segmentos. Entre eles, podemos citar as principais aplicações:

  • Facas Industriais para Metalúrgicas
  • Facas para moinho
  • Facas Industriais para Máquinas Reciclagem
  • Facas para embalagens com corte de alta precisão
  • Facas Industriais para Alimentos / frigoríficos
  • Facas para indústria têxtil 
  • Facas Industriais para Gráficas / papel e celulose
  • Facas manuais 

A geometria de cada faca pode variar de acordo com sua aplicação, sendo que normalmente são retangulares ou redondas/circulares.

Para escolher o aço para a fabricação de facas, existem certas propriedades que você deve observar. Saber o nome (e, portanto, a composição) do aço pode ajudar a garantir que você está fazendo a escolha certa. Para uma faca de alta qualidade, você deseja aço com alto teor de:

  • Resistência à corrosão
  • Ductilidade (capacidade de dobrar sem quebrar)
  • Capacidade de retenção de borda
  • Dureza 
  • Afiação
  • Força 
  • Tenacidade (capacidade de absorver energia sem quebrar)
  • Resistência ao desgaste
  • Usinabilidade

A fim de satisfazer esses muitos requisitos para a fabricação de facas, você geralmente encontrará aço com qualquer uma ou várias das seguintes ligas (além de ferro e carbono):

  • Cromo (torna os aços inoxidáveis ​​“inoxidáveis” ou resistentes à corrosão)
  • Cobalto (adiciona força)
  • Manganês (endurece o aço)
  • Molibdênio (adiciona força, temperabilidade e resistência à corrosão)
  • Níquel (adiciona tenacidade)
  • Tungstênio (adiciona resistência ao desgaste)
  • Vanádio (adiciona dureza, força e resistência ao desgaste)

Aços comuns usados na fabricação de facas

De acordo com muitos profissionais da fabricação de facas, a maioria das facas é feita com aço ferramenta, aço inoxidável ou aço carbono. O aço ferramenta oferece um material duro e resistente que pode conter uma liga adequada para garantir outras propriedades importantes, como as citadas acima. Também é muito resistente ao calor por atrito, o que o torna ideal para aplicações de ferramentas de corte.

Com isso, ele pode ser menos resistente à corrosão em comparação ao aço inoxidável, nestes casos, o aço inoxidável é a escolha mais popular. Já o aço carbono cria uma lâmina afiada que é fácil de afiar e oferece um nível superior de dureza e resistência. É ideal para lâminas como facões, mas pode ser mais difícil de trabalhar quando se torna frágil. O aço carbono também não é muito resistente à corrosão.

Para trabalho com resistência à corrosão, como na indústria alimentícia, você vai querer um aço inoxidável. O aço inoxidável típico usado na fabricação de facas inclui 420 (aço inoxidável para talheres), 440 (aço inoxidável para talheres de alto nível que tem mais dureza e retenção de borda) e 316 (um aço inoxidável comum para alimentos e cirúrgicos).

Por outro lado, se você estiver fazendo lâminas para serem usadas em ferramentas, como para corte de chapas ou aplicações industriais em geral (ou mesmo apenas uma lâmina que irá equilibrar as vantagens e desvantagens dos aços inoxidáveis vs. carbono), procure o aço para ferramentas. O aço para ferramentas típico usado para fabricação de facas inclui A2, D2 e M2. D2 é um material muito resistente, mas tem melhor retenção de aresta (poucas afiações ao longo de seu uso) e resistência à corrosão. M2 tem uma dureza que beira a fragilidade, mas manterá uma borda perfeita e ainda resistirá muito bem ao desgaste.


Esse conteúdo não pode ser publicado ou redistribuído sem prévia autorização.

error: Conteúdo protegido! !!