São Paulo, 28 de novembro de 2021

ARTIGOS

23 de junho de 2021

Peças e componentes para máquinas agrícolas: Arado

Editoria Serrametal

Com o avanço da tecnologia, todos os setores se reinventaram para facilitar os processos que antes eram feitos de forma manual. Pensando nisso o setor de agronegócio não ficou para trás, e com o avanço da tecnologia foram desenvolvidas e aprimoradas as ferramentas para agilizar os processos e atividades que antes demandavam uma boa parte do tempo para serem realizadas.

Com as inovações tecnológicas todos os setores progridem de forma gradativa, no setor de agronegócios as máquinas de última geração podem ser controladas através do uso de satélites ou GPS, não necessitando mais o uso de um operador como nas máquinas que são mais utilizadas. Além dos sistemas de funcionamento operacional as máquinas são equipadas com componentes hidráulicos e pneumáticos dando mais agilidade aos processos para o plantio.

Para ter uma boa safra é preciso seguir alguns passos para que consiga ter uma colheita boa e saudável. A terra onde é feito o plantio é o principal meio para que sua colheita seja favorável, pois é necessário ser feito uma preparação do solo para realizar o plantio dos seus frutos a serem cultivados e manter aquela terra fértil para os próximos plantios.

O preparo do solo é feito com uso da ferramenta chamada arado, onde sua principal função é descompactar a terra e facilitando tanto a questão da irrigação, e tornando o solo apto para que as sementes se desenvolvam e criem raízes mais fortes. Com a terra descompactada ela fica mais impermeável e assim com mais facilidade de desenvolver nutrientes através da troca com os adubos e facilitando que as minhocas retirem todos os restos de raízes mortas para tornar o solo fértil novamente [1].

Existem alguns tipos de arado, a escolha varia conforme a necessidade do plantio a ser feito e o tipo de vegetação a ser cultivado, pois para cada variedade de frutos a preparação do solo fica de acordo com a demanda e tipo de vegetação. Os principais tipos de arado são:

  • Arado de discos
  • Arado de aiveca

No Brasil por conta do clima e do solo o mais utilizado é o arado de discos, pois o solo é fértil por conta das condições climáticas que favorecem o uso desse modelo, já o tipo de arado Aiveca se aplica melhor em solos que não são tão úmidos e que são duros, onde não há muitas raízes.

Existem alguns outros modelos que em maior parte são utilizados de forma manual, como o arado manual, cunha simples, e a grade aradora. Esses modelos podem ser utilizados tanto de forma manual através da tração humana ou puxados através da tração do uso de bovinos ou equinos ou também até de tração motorizada.

Pensando nos tipos mais utilizados elas são compostos pelas seguintes peças para arado:

Arado de discos

Utilizados em solos que ainda obtém resíduos como plantas e raízes mortas,  a profundidade de arar a terra varia conforme o diâmetro dos discos. O arado de discos é composto pelos seguintes elementos [2]:

  • Chassi: Corpo onde são acopladas todas as peças do conjunto das peças para arado.
  • Coluna: Componente que conecta o chassi aos discos do arado, conforme as conexões entre o chassi e o cubo do disco.
  • Mastro: Sua função é engatar os discos ao engate.
  • Eixo transversal: Transversal ao chassi, sua função é servir de engate de pontos do trator.
  • Roda estabilizadora: Sua principal função é dar estabilidade para o arado, seguindo o trajeto desejado e realizando a operação de acordo com a profundidade desejada.
  • Discos: Componente ao qual realiza o trabalho de arar a terra, os modelos de discos mais utilizados são os discos lisos e os discos recortados. Para cada tipo de solo ou operação que for realizado em relação ao plantio podem ser utilizadas essas opções, isso é determinado conforme o estado do solo se encontra para se realizar a operação.

 

Arado de Aiveca

Arado de aiveca é utilizado para solos leves e arenosos, composto por menos componente do que o arado de discos. Suas principais vantagens é capacidade de inversão das leivas. As peças para o arado Aiveca e suas funções são [2]:

  • Aiveca: Componente ao qual inverte a fatia de terra cortada pela relha.
  • Relha: Corta o solo e faz o levantamento do mesmo conforme a seção.
  • Rastro: Absorver forças laterais ocasionados pelo trabalho constante e manter trajeto e estabilidade.
  • Suporte: Reunir os componentes como aiveca, relha e rastro.
  • Coluna: Elemento que faz a conexão entre o suporte e o chassi.

Todos esses nomes citados tanto das peças do arado de Disco quanto às peças para o arado Aiveca, são modelos genéricos de arado ao qual podem ou não ter. O porte da máquina também pode influenciar em seus componentes, uma máquina mais avançada pode obter componentes para aumentar sua autonomia.

Por conta do trabalho executado esses componentes citados acima requer um material com boas propriedades mecânicas, em maior parte esse elementos podem ser fabricados em aços de construção mecânica, como AISI 4140, AISI 4340, SAE 1020, SAE 1045. Também podem ser utilizados aços com propriedades elevadas para evitar problemas de manutenção precoce e evitando uma falha por motivos como trinca, por exemplo, o Toolox 33.

Manutenção dos arados

A manutenção dos arados e cuidados a serem tomados conforme a utilização para manter a eficiência do seu equipamento, é manter a lubrificação dos componentes, verificar se os componentes de fixação como parafusos e porcas estão apertados, manter sempre os discos limpos e afiados após a utilização, evitar pontos de oxidação retocando com tinta e manter o arado em local fechado sem contato com o sol ou chuva após o uso. Fatores que influenciam na depreciação das máquinas são a velocidade de trabalho, peso, diâmetro e afiação dos discos, exposições ao sol e chuva [3].

Esse é conteúdo apenas informativo, não realizamos esse tipo de serviço.
Conteúdo não pode ser publicado ou redistribuído sem prévia autorização.

Elaboração e Edição: Thiago Cortiz, Renata Brandolin e Karina França

 

Referências:

[1] A importância de arar o solo, Ferdan Máquinas, 2016. <https://ferdanmaquinas.com.br/2016/06/01/a-importancia-de-arar-o-solo/> Acesso em 02 de Junho de 2021.

[2] YAMACHITA, Leandro. Técnico em agropecuária: Mecanização agrícola. Manaus, E-Tec Brasil, 2010.

[3] MACHADO, A. L. T. Manutenção de máquinas agrícolas visando a nova safra. Página Rural, 2003. Disponível em: <http://www.paginarural.com.br >. Acesso em Junho de 2021.